logotipo ence

 

Semic.
Seminario.
Seloge.
processo_seletivo.
SAS
Horario
1/6 
start stop bwd fwd

 
 sinape2018
 
 ser

Seminário Ence: O Programa Bolsa Família e Impactos sobre o Desenvolvimento Humano

 

Escola Ncional de Ciências Estatísticas

Seminário Ence

A ENCE tem o prazer de convidar para a palestra:

O Programa Bolsa Família e Impactos sobre o Desenvolvimento Humano

Palestrante
Ana Paula Kern
Analista de Avaliação do Centro de Políticas Públicas e da Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora

Dia: 15/10/2018 – segunda-feira
Horário: 16:00 - 17:30 horas
Local: Auditório ENCE – Rua André Cavalcanti, 106 - sala 306

Resumo: O estudo tem por objetivo avaliar o impacto do Programa Bolsa Família sobre o desenvolvimento humano em saúde, educação e mercado de trabalho, respectivamente. Para melhor alcançar esses objetivos, foi construído um painel longitudinal, no nível de indivíduo, a partir dos dados da AIBF I e AIBF II. Esse painel constitui um marco para os estudos de avaliação de impacto do Programa Bolsa Família, uma vez que é o primeiro painel que acompanha o mesmo indivíduo ao longo do tempo, e assim pode gerar resultados mais robustos. O modelo utilizado foi de Diferenças em Diferenças com Balanceamento por Entropia. Além disso, este estudo representa mais um avanço na literatura a respeito de programas de transferência de renda, por fazer todas as análises de impacto levando em consideração o desenho amostral complexo, que é outra característica importante normalmente ignorada. O primeiro ensaio investiga o impacto do Bolsa Família nas condições de saúde das mulheres e das crianças de até 7 anos de idade, sendo considerada principalmente a saúde das gestantes e vacinação das crianças. No segundo ensaio avalia-se o impacto do Programa Bolsa Família sobre a educação das crianças de 6 a 17 anos, com enfoque sobre a participação, progressão, repetência e abandono escolar. O terceiro ensaio avalia o impacto do programa sobre o mercado de trabalho, mais especificamente na oferta de trabalho dos indivíduos. No primeiro ensaio, os principais resultados mostram que o Bolsa Família aumenta o status de imunização das crianças de 2005 para 2009, mas não o suficiente para manter o calendário vacinal em dia. Para o segundo ensaio, os resultados obtidos indicam que o PBF não afetou a matricula escolar das crianças de 2005 para 2009, quando separadas por gênero. No entanto, o Bolsa Família aumentou a probabilidade das crianças se matricularem, especialmente para crianças mais velhas, residentes na área urbana na região Nordeste. Para progressão, repetência e evasão, o Bolsa Família não apresentou impacto. Para o terceiro ensaio, os resultados indicam que não há efeito do PBF sobre a probabilidade de trabalhar dos homens ou das mulheres, e que o impacto de redução nas horas de trabalho, se concentra nas mulheres residentes em áreas rurais.

A participação é aberta a todos.

Informações:
Tel.: 2142-4696 ou 2142-4691
e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Coordenações da Graduação e da Pós-Graduação

Endereço: Rua André Cavalcanti, 106 - Bairro de Fátima - CEP 20231-050 - Rio de Janeiro