logotipo ence

 

Seminario
PTEP
Seloge.
processo_seletivo.
SAS
Horario
Ence 60 anos
1/7 
start stop bwd fwd

 isi2017
 
 
 Vesamp

Defesa de Monografia de Thatiana dos Santos Teixeira

 Escola Nacional de Ciências Estatísticas

Pós-Graduação Lato Sensu em Análise Ambiental e Gestão do Território

Apresentação de Monografia

A Escola Nacional de Ciências Estatísticas convida para a apresentação da monografia final do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Análise Ambiental e Gestão do Território intitulada: “Coletores de lixo no Brasil em 2013: análise sobre suas condições de trabalho e saúde”.

Aluna: Thatiana dos Santos Teixeira
Data: 26 de janeiro de 2018 – sexta-feira
Horário: 10h00m
Local: Ence - Rua André Cavalcanti, 106 – Sala 306 – Bairro de Fátima

Resumo: Os catadores de materiais recicláveis podem ser considerados elementos-chave no processo de sustentabilidade ambiental, desempenhando importantes atividades para o tratamento adequado dos resíduos sólidos. Apesar disso, estudos mostram que esse grupo profissional possui condições bastante precárias de trabalho. Tendo isso em vista, este trabalho analisou a dinâmica de trabalho e as condições de saúde dos coletores de lixo no Brasil em 2013, estabelecendo comparações com a totalidade dos trabalhadores ocupados em outras profissões. Para isso utilizou-se os dados da Pesquisa Nacional de Saúde de 2013 os quais foram analisados por meio de estatística descritiva e modelo de regressão logística. Pôde-se verificar que os catadores eram em sua maioria do sexo masculino e de cor/raça negra, com uma média de idade de 44,8 anos, de baixa escolaridade, em relações de trabalho fortemente marcadas pela informalidade e baixa renda, com um alto percentual de consumo abusivo de bebidas alcoólicas e de uso do tabaco, com grande exposição no trabalho à fatores que podem afetar a saúde e sofriam uma maior ocorrência de acidentes de trabalho quando comparados com os demais trabalhadores. Por meio dos modelos estatísticos, pôde-se constatar que homens, mais velhos, com baixa escolaridade, de cor/raça preta ou parda, com baixa remuneração e que faziam uso do tabaco e/ou do álcool diariamente apresentam uma maior chance de ocuparem a profissão de catador. Além disso, indivíduos que tinham algum tipo de deficiência e que apresentavam uma maior exposição no trabalho a fatores que afetam a saúde também estavam mais presentes entre os catadores do que entre os demais profissionais. Dessa forma, tais resultados retratam que os trabalhadores da coleta de materiais recicláveis do Brasil constituem o elo mais vulnerável na cadeia da reciclagem, sendo permeada por diversas formas de precariedade laboral. Nesse sentido, é necessário que os agentes governamentais enfrentem a problemática das condições de trabalho e saúde dos catadores, construindo intervenções voltadas para o reconhecimento dessa categoria profissional e para a geração de trabalho e renda dignos a esses trabalhadores.

Banca examinadora:
Dra. Angelita Alves de Carvalho (IBGE/Ence/CPG) – Orientadora
Dra. Larissa de Carvalho Alves (IBGE/Ence/CEGRAD) – Coorientadora
M. Sc. Sandra Canton Cardoso (IBGE/Ence/CEGRAD)
Dr. Gerson Luiz Marinho (Fiocruz)

Gerência do Lato Sensu

Endereço: Rua André Cavalcanti, 106 - Bairro de Fátima - CEP 20231-050 - Rio de Janeiro